O lago de lótus

por: Thich Nhat Hanh

Em Plum Village onde vivemos na França, há um lindo lago de lótus. Talvez um dia você venha a Plum Village é possa vê-lo. No verão, o lago é coberto por centenas de lindas flores de lótus que floresceram. O que é surpreendente é que todas as plantas de lótus vieram de uma semente minúscula. Eu te direi como crescer um lago de lótus.

As sementes de lótus têm que ser plantadas no solo. Elas não crescem bem no solo seco. Mas há um truque para plantar essas sementes. Se você apenas plantar as sementes na lama, ela não irá brotar, mesmo se você esperar três semanas, cinco semanas ou dez semanas. Mas ela não irá morrer também. Há sementes com mais de mil anos que quando foram plantadas propriamente cresceram em plantas de lótus.

A semente de lótus não brota se você apenas colocá-la na lama porque ela precisa de alguma ajuda. A semente de lótus é um caroço com uma pele muito dura a cobrindo. De forma a brotar, a água precisa penetrar na semente de lótus através da pele dura. Este é o truque. Você precisa fazer um pequeno buraco na semente de forma que a água possa entrar.

Você pode furar a pele exterior a cortando com uma faca ou esfregando-a contra uma pedra. Isto dará à água a chance de penetrar na semente. Agora se você colocá-la na água ou na lama, em cerca de quatro ou cinco dias a pequena semente brotará e se tornará uma minúscula planta de lótus.

Primeiramente poucas folhas de lótus aparecerão. Logo elas irão crescer. Você pode manter uma pequena planta de lótus no seu jardim durante a primavera, verão ou outono. Mas quando estiver frio, você tem que trazê-la pára dentro, onde ela continuará a crescer.

Na primavera, pode levá-la para fora novamente e coloca-la em um vaso maior, e a planta de lótus irá crescer ainda mais. Em um ano você terá algumas flores de lótus, e em três anos você terá um lago de lótus tão grande quanto o de Plum Village.

Portanto você vê que um enorme lago de lótus verdadeiramente está contido dentro de uma minúscula semente. Esta semente minúscula contém todos os ancestrais da planta de lótus – contém sua fragrância e beleza e todas as suas características. Quando essa semente brota e começa a crescer, oferece todos esses dons ao mundo.

Cada um de vocês é uma maravilhosa semente como a de lótus. Você parece um pouco maior que ela, mas mesmo assim você é uma semente. Em você há entendimento e amor e muitos, muitos diferentes talentos. De nossos ancestrais recebemos maravilhosas sementes. Nossa habilidade de tocar música ou pintar, correr rápido ou ser bom em matemática, fazer coisas com nossas mãos ou dançar são todas sementes que recebemos de nossos ancestrais. Também herdamos sementes que não são tão boas, como as sementes de medo e raiva. Estas sementes podem nos fazer muito tristes e frequentemente não sabemos o que fazer.

Algum tempo atrás, um garoto suíço de 12 anos e sua irmã começaram a vir regularmente a Plum Village. O garoto tinha um problema com seu pai. Ele tinha muita raiva do pai porque o pai não falava gentilmente com ele. Se o garoto caísse ou se ferisse, ao invés de ajudá-lo e confortá-lo, seu pai ficava bravo com ele. Ele dizia: “Você é estúpido! Porque fez tal coisa?”

O garoto, é claro, queria que seu pai o confortasse com palavras gentis quando ele estivesse com dor. Ele não conseguia entender porque seu pai o tratava daquele jeito, e prometeu que nunca iria agir como ele quando crescesse. Se ele tivesse um filho, iria ajudá-lo e confortá-lo quando ele caísse ou se ferisse.

Um dia, este garoto estava vendo sua irmã brincar em uma rede com outra garota. Elas estavam balançando para frente e para trás. De repente a rede virou e ambas caíram no chão. Sua irmã cortou sua testa. Quando o garoto viu a irmã sangrando, ele ficou furioso. Ele estava quase gritando com ela: “Você é estúpida! Porque você se feriu assim?”. Mas como ele sabia como praticar, ele se segurou e voltou à sua respiração. Vendo que sua irmã estava bem, ele decidiu fazer meditação caminhando.

Durante sua meditação caminhando, ele descobriu algo maravilhoso. Ele viu que era exatamente igual a seu pai. Ele tinha o mesmo tipo de energia que o empurrava para dizer palavras grosseiras. Quando seu amado está sofrendo, você deveria ser amável, carinhoso e prestativo e não gritar com ele com raiva. Ele viu que estava prestes a se comportar como seu pai. Isto foi um insight. Imagine um garoto de doze anos praticando assim. Ele percebeu que era a continuação de seu pai e que tinha o mesmo tipo de energia, as mesmas sementes negativas.

Continuando a andar conscientemente, ele descobriu que ele não poderia transformar a sua raiva sem prática e que se ele não praticasse, ele iria transmitir sua energia de raiva a seus filhos. Eu penso que é fantástico para um garoto de doze anos ter sucesso assim na meditação. Ele ganhou esses dois insights em menos de 15 minutos de meditação caminhando.

O terceiro e último insight aconteceu quando ele voltou para casa e falou sobre as suas descobertas com seu pai. Ele decidiu pedir a seu pai que praticasse com ele de forma que ambos pudessem transformar suas energias. Com esse terceiro insight, a sua raiva e de seu pai desapareceram porque ele entendeu que seu pai era também uma vítima. Seu pai pode ter recebido essa energia de seu próprio pai. Portanto veja que a prática de olhar profundamente para ganhar entendimento e liberdade da sua raiva é muito importante.

 

transcrito do blog:
http://www.viverconsciente.com/textos/pebble/lago_de_lotus.htm

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *